Território de Atuação

 

O principal território de atuação da UCODEP é o Baixo Tocantins, localizado no Estado do Pará a qual possui uma área de 36.024,20 Km², sendo composta por 11 municípios: Abaetetuba, Acará, Baião, Barcarena, Cametá, Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Muju, Oeiras do Pará e Tailândia.

O Território do Baixo Tocantins encontra-se numa zona de fronteira, está localizado entre a Amazônia Central e Amazônia Oriental, no nordeste do Pará, por onde passa a microrregião da Bacia do rio Tocantins, considerada a segunda mais importante do país, superada apenas pela Bacia do Rio Amazonas. O rio Tocantins, faz parte do complexo estuário amazônico, se comunicando com o rio Pará e o rio Guamá, que se juntam na foz do rio Amazonas.

O território do baixo Tocantins é formado por ilhas fluviais da bacia, é neste contexto de espaço físico que o público beneficiário dos Projetos da UCODEP estão presentes desenvolvendo atividades econômicas de base extrativista, sobretudo por meio da coleta de frutos e sementes da sóciobiodiversidade com destaque para o açaí (Euterpe Olerace), o cupuaçu (Theobroma grandiflorum), o taperebá (Spondias lutea L.), miriti (Mauritia flexuosa), o murumuru (Astrocaryum murumuru) entre outros e de pescado, incluindo neste cardápio o camarão e algumas de espécies de peixes como o mapará (Paulicea sp) e a pescada branca (Cynoscion spp). O espaço das ilhas ainda compreende como um espaço com expressiva cobertura vegetal aqui caracterizada por floresta ombrófila densa, com áreas de matas, de várzeas e de Igapós. 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Atualizado 01/10/2014

Atualmente, através dos Projetos Tracuateua e do Projeto Uçá, a UCODEP está atuando na região do Salgado Paraense, nos municípios de Tracuateua, Augusto Correa e Viseu, em apoio ao desenvolvimento das RESEX localizadas naquela região. A região é caraterizada pelas atividades extrativistas, com destaque para caranguejo e pescado, mas as culturas da mandioca, do tabaco e do feijão têm grande difusão.

A presença de 4 RESEX (Araí-Peroba, Gurupí-Piriá, Tracuateua e Caeté Taperacú), onde moram aproximadamente 10.000 famílias de extrativistas, e o manguezal (considerado a maior área continua de manguezal do mundo) são elementos de destaque para a região.”​

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!